Porquê participar de um trabalho de autoconhecimento – depoimentos

Depoimentos de dois participantes do Trabalho Sobre Si Mesmo.

Nota: os nomes dos participantes foram mantidos em sigilo.

Participante 1:

“…As três experiências que mais me marcaram foram: o espelho, fazer xixi e a honestidade….

… Eu nunca tinha percebido que eu fazia xixi. Eu fazia xixi automaticamente mesmo. Foi uma experiência muito bacana…Com o espelho foi a experiência mais deliciosa com a natureza que eu tive e quero fazer mais vezes o ano que vem…

…eu passei a me expressar mais, a passar a verdade de como eu me sinto nas situações, de uma maneira desarmada… eu consegui sentir e enxergar… que eu sou responsável pelo que acontece a minha volta porque se eu ajo desarmada com certeza a conseqüência do retorno é um retorno desarmado….

…eu estou fazendo esse mundo diferente. E percebo que isso realmente está em minhas mãos e só eu posso fazer isso; porque eu é que sou responsável pelo que acontece a minha volta, mas de uma maneira consciente e não de uma maneira piegas…

… Essa sensação de falar a minha verdade para o outro foi para mim…  tudo, valeu.

…e tenho agido com honestidade com muitos desafetos meus e tenho tido experiências de retornos muito legais porque é exatamente isso, é muito simples, a gente é que complica mesmo….

…Eu me sinto muito maior e muito mais forte de saber que posso resolver isso. Não preciso mais deixar para ninguém resolver por mim..

…Eu sei que nem tudo está resolvido …

…Vivenciando a presença você começa a ver muitas outras coisas e até as mesmas coisas de forma diferente, com outros olhos…

…todos vocês me ajudaram a enxergar e a praticar. Só a gente ver sem praticar, é diferente. Saber das coisas a gente sabe um monte de coisas, mas sem praticar não dá….

…Realmente é mágico. A vida é simples e é linda. Obrigada por tudo e a todos.”

 

Participante 2:

“…Considero um trabalho terapêutico. Acredito que tudo fluiu porque eu estava disposta….

… Mas eu não sabia para que era este trabalho. Cai de pára-quedas, mas nada é por acaso. Era para eu estar aqui. Para fazer este trabalho. Já venho há algum tempo me trabalhando, querendo resolver algumas coisas. Mas parece que tudo aconteceu este ano. Parece que nunca existiu nada. De repente esse ano você começa a andar. Andar não, a voar, porque foi muito rápido….

…cheguei aqui, os exercícios de presença fizeram toda a diferença, da gente começar a se perceber….

…A presença é totalmente importante. Eu falo para as pessoas que a gente têm que estar presente em tudo que faz, para dar qualidade àquilo que faz; para você se perceber naquela ação. Até mesmo para você conseguir se compreender e não fazer um monte de meleca com você porque depois você passa décadas para tentar limpar.  Se você está presente você evita de fazer meleca e se você faz alguma meleca diz “Puxa, não foi legal! E tenta novamente. Você se pega na hora. Então isso evita muita coisa…

… Quando soube que também íamos meditar no segundo semestre, eu pensei que seria um saco… Lembro que driblei minha resistência… E aí aprendi a meditar. Hoje já tenho gosto. Hoje já é diferente…. Tive uma experiência muito agradável, sei que funciona e é o que eu quero. Vocês me ajudaram muito…

…trabalhar os passos do guerreiro foi muito, muito bom… Meu intento forte e os exercícios que vocês colocam  faz  com que o trabalho não fique aqui,  ele flui,  ele segue…”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s